Trabalhadores morrem asfixiados após inalação de fumaça tóxica em garimpo na cidade de Campo Formoso

Trabalhadores morrem asfixiados após inalação de fumaça tóxica em garimpo

Dois homens morreram após inalarem fumaça tóxica, enquanto trabalhavam em um buraco a 18 metros de profundidade na localidade de Socotó, em Campo Formoso.

Segundo o G1 o caso aconteceu na tarde de segunda-feira (11) e foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros de Senhor do Bonfim.

Ainda conforme a publicação, a corporação informou que foi acionada e equipes do 9º Grupamento foram enviadas e já encontraram os operários sem vida no poço. Os militares disseram que as vítimas inalaram fumaça no buraco e morreram asfixiados.

Testemunhas disseram que o local funciona como um garimpo clandestino. Para exploração, foi aberto o buraco, conhecido como corte, que teria alagado. Os operários, então, entraram no lugar com o auxílio de uma bomba de sucção para retirar a água e prosseguir o trabalho.

Houve uma pane no motor do maquinário e provocou uma fumaça tóxica no interior do poço. Sem conseguir sair do local, os homens morreram asfixiados.

Os bombeiros retiraram os homens do poço e entraram em contato com o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para a remoção do corpo e adoção dos outros procedimentos legais. O caso foi registrado pela Delegacia Territorial de Campo Formoso.