Castro Alves: Prefeito é vítima de intolerância religiosa

Prefeito de Castro Alves, Thiancle Araújo (PSD), ao lado da irmã – Foto: Divulgação

O prefeito de Castro Alves, Thiancle Araújo (PSD), foi alvo de ataques racistas e de intolerância religiosa após a circulação de um vídeo nas redes sociais.

O vídeo mostrava a irmã do prefeito, que é Mãe de Santo, realizando um ritual de oferenda, uma prática comum nas religiões de matriz africana. Entretanto, boatos se espalharam de que o ritual seria um “trabalho” para prejudicar a oposição política local.

O incidente ocorreu na mesma semana em que a Prefeitura Municipal de Castro Alves promoveu a Caravana da Educação e Direitos dos Povos de Terreiros da Bahia, em parceria com a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial. A secretária Ângela Guimarães, presente no evento, solidarizou-se com Thiancle Araújo e colocou a secretaria à disposição para oferecer apoio.

“Isso é um absurdo e lamentável. Estamos lidando claramente com racismo religioso. Estas acusações são infundadas e refletem um profundo desrespeito pela diversidade religiosa e cultural do país” desabafou Thiancle.

O prefeito destacou que, em pleno século XXI, é inadmissível a persistência de manifestações de intolerância e racismo. “O preconceito e a ignorância não podem ter lugar na nossa sociedade”, comentou um representante de uma organização de defesa das religiões de matriz africana.

Diante da gravidade dos ataques, Thiancle Araújo anunciou que tomará todas as medidas legais cabíveis para responsabilizar os autores do compartilhamento das imagens e das falsas acusações.

“O crime ocorreu desde o compartilhamento das imagens até a montagem do vídeo. Não podemos permitir que estes criminosos permaneçam impunes. Vamos agir com rigor para garantir que a justiça seja feita”, disse Thiancle.

Ele também ressaltou a importância de educar a população sobre a diversidade religiosa e cultural, visando promover uma convivência mais harmoniosa e respeitosa.

“A ignorância é a base de muitos dos problemas que enfrentamos. Precisamos trabalhar juntos para construir uma sociedade mais justa e igualitária, onde todas as crenças sejam respeitadas”, finalizou.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia