Terreiro em Cachoeira relata ameaça de homens armados na região

A comunidade do Terreiro Ilê Axé Icimimú Aganjú Didê denuncia a presença de homens armados rondando a casa religiosa

Foto: Reprodução

Em postagem publicada nas redes sociais nesta sexta-feira (7), a comunidade do Terreiro Ilê Axé Icimimú Aganjú Didê – também conhecido como Terreiro de Mãe Judith e localizado na cidade de Cachoeira – relatou que homens armados tem rondado a região e levado temor aos praticantes da religião de matriz africana.

“A comunidade do Terreiro Ilê Axé Icimimó Aganjú Didê, tombado definitivamente como Patrimônio Cultural Brasileiro e localizado na Cidade de Cachoeira, na Bahia, vem a público mais uma vez relatar que foram flagradas pessoas armadas dentro de uma caminhonete Frontier branca rondando os arredores do nosso terreno. Novamente, nos sentimos num cenário sob forte ameaça e insegurança.

Nossa casa de Candomblé é Centenária e reconhecida em níveis Municipal, Estadual e Federal como um patrimônio cultural. Clamamos por segurança em nossos direitos mais básicos e pedimos a ajuda de todas as autoridades competentes”, diz a nota publicada em sua conta do Instagram.

Conhecido por muitos anos em Cachoeira como Terreiro de Mãe Judith – fundadora do espaço em 1916, o terreiro Ilê Axé Icimimó Aganjú Didê é atualmente liderado por Pai Duda de Candola e tem como patrono o orixá Xangô.

Símbolo de resistência religiosa e da memória do povo iorubá, a região foi tombada como patrimônio cultural brasileiro em fevereiro deste ano, representando valor histórico, cultural e ambiental para o Brasil e o Mundo. Em 2014, o espaço foi inscrito no Livro de Registro Especial de Espaços de Práticas Culturais Coletivas, sendo assim tombado pelo Patrimônio Imaterial da Bahia.

O Aratu On paraceiro do Blog do Valente entrou em contato com a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública, mas ainda não recebeu resposta sobre o caso. Mais informações serão adicionadas quando houver a atualização dos fatos.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia