Ministério da Economia autoriza concursos públicos para 1,7 mil vagas no INSS e na Receita Federal

São 1 mil vagas de técnico do seguro social (nível médio) e 699 de auditor-tributário e analista-tributário (nível superior).

Ministério da Economia autoriza concursos públicos para 1,7 mil vagas no INSS e na Receita Federal
Imagem: reprodução

O Ministério da Economia autorizou a realização de concursos públicos para preenchimento de 1 mil vagas de técnicos do seguro social para o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e de 699 vagas para auditor-tributário e analista-tributário para a Receita Federal. As autorizações foram publicadas no “Diário Oficial da União” desta segunda-feira (13).
No caso do concurso na Receita Federal, são 230 vagas para auditor-tributário e 469 para analista-tributário.

Os dois concursos dependem de autorização do Ministério da Economia e estão condicionados à existência de vagas e à adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias.
O prazo para a publicação dos editais de abertura é de 6 meses a partir da data de publicação das portarias, ou seja, até 13 de dezembro.

No caso do concurso da Receita Federal, foi autorizada a redução para dois meses do prazo entre a publicação do edital e a realização da primeira prova do concurso, ou seja, os candidatos terão menos tempo para se preparar para a prova objetiva.

Últimos concursos

O último edital do concurso do INSS foi lançado em dezembro de 2015 e previa 950 vagas para cargos de analista e técnico do seguro social. Durante o prazo de validade do concurso, o então Ministério do Planejamento divulgou várias portarias autorizando nomeações dos aprovados. O salário de técnico do seguro social foi de R$ 4.886,87 na época. A organizadora do concurso foi o Cebraspe – veja o edital do concurso.

O número de vagas autorizadas foi bem menor que o necessário. O INSS enviou ao Ministério da Economia pedido de 7.575 vagas, sendo 6.004 para técnico do seguro social e 1.571 para analista do seguro social.

No caso da Receita Federal, o número de autorizações coincide com o de vagas pedidas.

O último concurso para auditor-fiscal foi em 2014, para 278 vagas. O salário na época foi de R$ 14.965,44. A organizadora foi a Esaf. Veja o edital do concurso.

Já para analista-tributário foram oferecidas 750 vagas em 2012. O salário na época era de R$ 7.996,07.

 

Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícias