BBB21: Globo comenta pedido de anulação de prova após suposta trapaça de Karol Conká

Reprodução/TV Globo

A vitória de Karol Conká na Prova Bate e Volta do Big Brother Brasil, na noite deste domingo (7), ainda está atravessada na garganta de muitos internautas que torciam contra a cantora curitibana.

Nas redes sociais, muitas pessoas contestaram o resultado, que livrou Conká do paredão, e acusaram a cantora de trapaça, especialmente depois que ela disse que observou a pressão das mangueiras antes de se decidir pela correta, a número 17.

Para o público, isso violou as regras, mas, segundo a Globo, nada muda porque não havia como saber qual era o local correto pelo visual.

“As mangueiras da prova eram todas cenográficas e não tinham qualquer conexão real com os chuveiros, que só eram acionados manualmente pela direção de prova, quando o número correto era escolhido pelo participante”, iniciou a emissora, em comunicado.

“Portanto, seria impossível um participante adivinhar o número correto observando as mangueiras. A prova segue valendo”, concluiu.

Durante uma conversa com Projota, Arthur e Nego Di após a disputa, Karol revelou sua estratégia. “Eu olhava todos os canos. A hora que eu ia pra flecha. Toda vez que eu fazia isso de ir e voltar, eu fazia exatamente assim. E eu vi. Falei: ‘Vou no 20, 21. Só que já estavam o 20, 21’. Eu falei: ‘É o 17’. Voltei e apertei. Eu me atentei aos sinais. Era só prestar atenção na mangueira. Tinha mangueira que não estava plugada”, afirmou.

Com a vitória, Arcrebiano e Juliette se juntaram a Gilberto no paredão, que ocorre na noite dessa terça (9).

*Correio