Baiana Bia Ferreira fica com a prata no boxe em Tóquio

Baiana Bia Ferreira fica com a prata no boxe em Tóquio
Foto: Jonne Roriz/COB

A baiana Beatriz Ferreira perdeu, na madrugada deste domingo (08), para a irlandesa Kellie Harrington. A decisão, por pontos,foi unânime e os juízes deram o lugar mais alto do pódio para a irlandesa. e conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio na categoria até 60kg do boxe.

A luta foi a primeira em que as duas atletas se enfrentaram em uma competição oficial. Kellie Harrington foi campeã mundial em 2018. Naquele ano Beatriz estava do outro lado da chave e parou nas oitavas de final. Em 2019, quando Kellie estava machucada e não competiu, Beatriz foi a campeã mundial.

No primeiro round da luta, Bia chegou a se destacar e levou a vitória nos pontos por decisão de três dos cinco jurados. A irlandesa, no entanto, venceu nos pontos os dois outros trechos da luta ficando com o ouro.

“Saí do Brasil com a meta de conseguir a maior de todas, não consegui, tentei mudar de cor, mas não consegui. Vou continuar trabalhando para que ela mude. Claro que o objetivo era o ouro, o ouro não veio, mas estou contente com essa aqui. Sou medalhista olímpica, é para poucas” disse Bia em entrevista após a premiação.

*M1