Medina perde etapa do Mundial de Surfe por não ter se vacinado contra a Covid-19

medina
                    Foto: Reprodução, Twitter/@timebrasil

Depois de passar em branco nas Olimpíadas de Tóquio, o brasileiro Gabriel Medina não vai participar da última etapa do Mundial de Surfe, em Teahupoo. Através de seu canal na Twitch, o atleta revelou que não estará presente na competição por ter optado não tomar a vacina contra a Covid-19.

“Eu não vou para Teahupoo porque eu não tomei a vacina e aí tem que fazer 10 dias de quarentena. Aí não dá tempo de ir do México, que é uma seguida da outra. Aí vou ser obrigado a não ir. Sacanagem. Mas de boa”, disse.

Segundo apuração feita pelo portal UOL, a janela de disputa na etapa do México será entre os dias 10 e 19 de agosto, enquanto a competição em Teahupoo está marcada para acontecer entre os dias 24 e 3 de setembro. Sendo assim, seriam apenas cinco dias de intervalo caso a etapa mexicana se encerre no último dia da janela.

Medina lidera o campeonato com 46.720 pontos, com larga vantagem para o segundo colocado, que é o medalhista de ouro em Tóquio, Ítalo Ferreira, com 33.555. Desta forma, Medina ainda tem grandes chances de ser campeão mesmo não participando de uma etapa.

Membro da delegação brasileira em Tóquio, Medina tinha a sua disposição a vacina, já que o Comitê Olímpico Internacional (COI) disponibilizou doses para que todos os atletas fossem vacinados antes dos Jogos.

*Bahia.Ba