Bahia é quarto estado mais caro para morrer, revela estudo

Foto: Reprodução/Getty Images

A Bahia está entre os estados em que se precisa trabalhar mais dias para pagar um enterro, de acordo com um levantamento divulgado nesta semana. O estudo mostra que o brasileiro deve trabalhar, em média, 39 dias para arcar com os custos de um enterro completo. A depender do rendimento médio no estado, a quantidade de dias varia.

Na Bahia, os dados apontam ser necessário trabalhar 54 dias para custear as despesas. A Bahia está atrás apenas do Maranhão (64 dias), Alagoas (56) e Piauí (55). O Distrito Federal foi apontado como a localidade em que se trabalha menos para pagar o enterro: 19 dias.

Dados da Associação Brasileira de Empresas Funerárias e Administraras de Planos Funerários (Abredif), indicam que o custo médio de um enterro no Brasil é de R$ 2,5 mil. A entidade também apontou o custo médio de vários componentes de um enterro: caixão (28%) R$ R$ 894,54; transporte (28%) R$ 898,45; velório (15%) R$ R$ 472,46;
sepultamento (14%) R$ 433,42; decorações (12%) R$ 369,54; outros (3%) R$ 106,96.

*BN