Rui desiste de ir à China e retorna à Bahia para acompanhar caso Prisco e vazamento do óleo

 

Foto: Reprodução

 

O governador Rui Costa (PT) desistiu de ir à China e retorna para a Bahia na noite desta terça-feira (15), para acompanhar de perto a mobilização do Soldado Prisco (PSC) e o vazamento de óleo nas praias, segundo apurou o Bahia Notícias.

Na última sexta-feira (11), o petista embarcou para a Itália a fim de assistir a canonização de Irmã Dulce, que virou a primeira santa brasileira.  A avaliação dentro do governo é de que o movimento de Prisco perdeu força, mas é preciso permanecer atento aos passos do deputado “porque ele é capaz de tudo”.

Nesta segunda-feira (14), policiais militares travaram a Avenida Paralela após uma carreata. Na oposição, o entendimento é de que o deputado do PSC ficou com a liderança “enfraquecida” após não conseguir mobilizar a tropa. Segundo governistas, Rui atendeu a apelo até mesmo de seguidores das redes sociais, que pediram para que ele voltasse para o estado.

De acordo com os aliados, o governador também quer acompanhar de perto as manchas de óleo nas praias, já que não se sabe ainda a extensão real do problema. Para a China, Rui Costa decidiu enviar o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, que vai negociar investimentos chineses para a Bahia.

 

Fonte: Bahia Notícias