Escola é interditada após crianças passarem mal; água de poço é analisada

A escola onde estudavam as mais de 100 crianças que foram hospitalizadas depois de passarem mal em São Sebastião do Passé, na região metropolitana de Salvador, foi interditada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) nesta sexta-feira (14).  De acordo com o G1, a suspeita é de que haja uma contaminação da água do colégio onde as crianças estudam. A instituição é abastecida com água de um poço.

Por causa da situação, amostras da água e do lanche do colégio foram colhidas nesta quinta e encaminhadas para Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), na capital baiana, para ser periciada. Não há previsão de quando o resultado será divulgado.

Em nota, a prefeitura informou que é quase que descartada a hipótese de que os sintomas foram provocados pela merenda, já que nem todos os estudantes consumiram o lanche da escola.  Um gabinete de crise envolvendo membros da prefeitura, a Polícia Civil e a Sesab, foi formado por causa da situação.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *