Testagem para o Coronavírus alcança estudantes da zona rural de Ipiaú, Itajuípe e Uruçuca

A aplicação de testes rápidos para o novo Coronavírus em estudantes, professores e funcionários da rede estadual de ensino de Ipiaú, Itajuípe e Uruçuca chegou às localidades mais longínquas desses municípios. Neste sábado (27), a testagem abrangeu os estudantes que moram na zona rural, que foram buscados por equipes dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) em suas residências até os colégios da sede para serem testados. Equipes também irão se deslocar para a busca ativa na zona rural.
Pioneira na Bahia, com previsão de atender a 4.600 pessoas, a ação visa ampliar a prevenção e o combate ao vírus, além de proporcionar as primeiras avaliações para a garantia da integridade da comunidade escolar no processo de retorno às aulas. As testagens estão sendo realizadas pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), em parceria com a Secretaria da Saúde do Estado (SESAB) e as secretarias municipais de Saúde e Educação, com envolvimento dos NTE e gestores escolares, além do apoio da Polícia Militar.
A diretora do NTE 5 (Itabuna), Rosilene Vila Nova, que acompanhou os testes no Colégio Polivalente de Itajuípe em estudantes trazidos de diversos distritos da região, falou sobre a importância da ampliação da ação a esse público. “A testagem, neste sábado, está sendo marcada por alcançar os estudantes residentes na zona rural e que, neste momento de isolamento, têm mais dificuldades de chegar à sede do município. Muitas dessas famílias não seriam assistidas na atenção à saúde, se não fosse a iniciativa da SEC. Testar é importante especialmente para aqueles que possam estar infectados, sem sintomas, saberem que o isolamento será necessário para assegurar a saúde de toda a comunidade local. Como disseram o governador Rui Costa e o secretário (da Educação) Jerônimo Rodrigues, estamos, desde o início, cuidando das pessoas e esta ação é grandiosa neste sentido”.
A estudante Regina Soares Silva, do Eixo VII Noturno, residente na Fazenda Itambé, zona rural de Itajuípe, chegou ao Colégio Polivalente para fazer o teste, demonstrando preocupação com a pandemia. “Gostei muito desta ideia da testagem, porque a gente fica mais seguro, fica sabendo se tem ou não o Coronavírus. E a coisa é séria, não é brincadeira não, temos que tomar muito cuidado e nos proteger e proteger aos outros e quem der no teste positivo precisa se isolar para não contaminar a comunidade toda”.
Laura Oliveira, 17, 2º ano do Colégio Polivalente de Itajuípe, também falou sobre a iniciativa da realização da testagem. “Eu achei esta ação muito importante para termos uma base de como a comunidade escolar está de saúde em relação ao Coronavírus e, assim, podermos voltar às aulas de forma mais segura”.
*Protocolos de saúde –* Os testes para o Coronavírus estão sendo realizados conforme calendário, que inclui, também, a ida de equipes em comunidades rurais. Nas unidades escolares estão sendo respeitados os protocolos de saúde, com a disponibilização de álcool em gel, espaços higienizados e pias com sabão, além do distanciamento recomendado na espera e durante o atendimento.
O coordenador de articulação de Projetos para a Educação da SEC, Hélder Amorim, ressalta que as Secretarias Municipais de Saúde fazem os encaminhamentos em casos positivos e destacou a importância da parceria. “Estamos conseguindo fazer o trabalho planejado e em parceria. Todos se uniram em uma ação de referência para a Bahia e para o Brasil, sob o comando do governador Rui Costa e do secretário Jerônimo Rodrigues, colaborando para que a Saúde Pública desses municípios possam ter um retrato mais fiel da contaminação pelo Coronavírus e, assim, possam planejar e executar ações no combate à sua propagação, além de subsidiar o Estado na tomada de decisões sobre o retorno às aulas”, disse o gestor da SEC.
Fonte: Secom/Gov.ba



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *