Rui manda recado a Bolsonaro ao defender Pazuello: ‘Presidente não pode desautorizá-lo’

 

O governador Rui Costa (PT) mandou um recado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao afirmar, nesta quarta-feira (21), que o ministro as Saúde, Eduardo Pazuello, não pode ser desautorizado em relação à aquisição pelo governo federal da vacina produzida pelo Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac.

“General e Ministro da Saúde tomou medida sensata de garantir acesso à vacina de qualquer país para salvar vidas. Estamos em guerra contra a Covid-19, que já matou mais de 150 mil no Brasil. O presidente não pode desmoralizá-lo e desautorizá-lo nesta luta. Minha total solidariedade ao ministro”, escreveu o petista numa postagem feita no Instagram.

Mais cedo, foi a vez de o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) criticar a postura do chefe de Estado brasileiro . O gestor soteropolitano se reuniu com o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), sinalizou interesse em adquirir para Salvador doses da vacina rejeitada por Bolsonaro, chamada de Coronavac.

Fonte: BN