Não pagou o IPVA? Veja como regularizar os débitos antes da cobrança de 2022

 

Veja como regularizar os débitos com o IPVA
Foto: Divulgação

De acordo com a lei, é necessário que o motorista esteja com o IPVA em dia para realizar o licenciamento anual do veículo (com o pagamento da emissão do documento do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, o CRLV).

Se o IPVA não for regularizado na hora de realizar o licenciamento anual, o CRLV é bloqueado e o carro passa a correr o risco de ser retido pelas autoridades.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os veículos que não estão registrados e devidamente licenciados caem em uma infração gravíssima (sete pontos na carteira), com multa no valor de R$293,47, apreensão e remoção do veículo da via.

Em muitos estados brasileiros, a data-limite para que seja realizado o pagamento das parcelas do imposto expirou no dia 31 de março.
O que fazer caso não tenha pago o IPVA 21 obrigatório ainda?

  • Acesse o portal do Detran na internet ou da Secretaria da Fazenda de seu estado
  • Solicite a emissão de uma nova guia.

Ao acessar, tenha em mãos os dados da placa do seu carro e o número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores).

Existe a possibilidade de fazer o pagamento em casas lotéricas ou em agências bancárias devidamente credenciadas pelos órgãos estaduais (inclusive com a opção de efetuar o pagamento online