‘Não estava falando sobre Carnaval’, diz Prates após critica a público nos estádios

'Não estava falando sobre Carnaval', diz Prates após critica a público nos estádios
Foto: Max Haack/Secom/Prefeitura de Salvador

O secretário da Saúde de Salvador, Leo Prates, explicou o motivo do seu questionamento ao governador Rui Costa (PT) sobre a liberação de público nos estádios.

Em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (29), Prates disse que foi mal interpretado. Ele afirmou que falava dos critérios para liberação de festas em geral e não apenas do Carnaval.

“Não estava falando de Carnaval e sim sobre eventos. O que eu não entendo é o critério epidemiológico para o decreto estadual. Ele falou em relação ao tempo de exposição e a quantidade de pessoas. Se você limitar um evento de duas horas na Fonte Nova, com o mesmo tempo de exposição está liberado? O que eu estou defendendo é o que eu sempre defendi. É um critério epidemiológico correto, uma coerência nas ações que nós estamos tomando e não há da minha parte nenhuma crítica a não ser não ver embasamento cientifico para definição desse critério”, comentou Prates.

Na última sexta-feira (26), a Arena Fonte Nova recebeu o público de 35 mil pessoas para assistir ao jogo Bahia x Santos, válido pelo Campeonato Brasileiro. No mesmo dia, Prates fez um postagem nas redes sociais no qual considera contraditória a liberação nos equipamentos esportivos e foi rebatido pelo ex-secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas.


Fonte: Bahia notícias