Recusa ao Carnaval em 2022 é unanimidade entre secretários estaduais de Saúde, diz Conass

secretários
                                                                              Foto: Bruno Barretto

O presidente do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), Carlos Lula, informou que é unanimidade entre os secretários estaduais de Saúde a recusa da realização do Carnaval 2022.

De acordo com ele, “ninguém concorda” com a possibilidade de realizar a folia.

Segundo o Bahia.Ba, a chefe da Saúde na Bahia, secretária Tereza Paim reforçou o pedido de cautela e defende que é preciso “pensar na saúde” e não afrouxar as restrições para evitar uma possível onda.

Conforme a coluna Painel da Folha de S.Paulo, apesar de o cenário da pandemia ter uma melhora, ainda há temor de uma nova onda de contaminações com as aglomerações.

Ainda segundo a coluna, os secretários a favor da realização do evento alegam pressão de profissionais da cultura. No estado de São Paulo, 58 cidades já anunciaram o cancelamento dos festejos, até o momento. O prefeito de Salvador, por enquanto, está avaliando o cenário.