Alan Sanches rebate fala do governador sobre crise na regulação: “mais uma vez foge da responsabilidade”

Foto: reprodução 

O líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado estadual Alan Sanches (União Brasil), rebateu a tentativa do governador Jerônimo Rodrigues (PT) de responsabilizar a prefeitura de Salvador pela crise crônica no sistema de regulação de saúde na Bahia.

Nesta terça-feira (26), o petista disse que a ausência de uma maternidade municipal “engarrafa” a oferta de atendimentos.

“Isso mostra um completo desconhecimento do governador sobre a regulação da Bahia e que mais uma vez foge da sua responsabilidade. As maiores demandas da fila da regulação são de pessoas sofrendo com quadro de AVC nas Unidades de Pronto Atendimento, pacientes necessitando de cirurgias vasculares nos membros inferiores. Nada tem a ver com maternidade”, pontua Alan Sanches.

“O governador esquece mais ainda que a prefeitura passa para o Estado R$ 800 milhões para custear atendimentos de alta complexidade de Salvador”, acrescenta o líder da oposição.

Ele destaca também que o prefeito Bruno Reis (União Brasil) está construindo a primeira maternidade municipal de Salvador. “Enquanto o governador tenta fugir das suas responsabilidades, a prefeitura trabalha para apresentar soluções. Foi assim com o Centro de Convenções, construído pela gestão do ex-prefeito ACM Neto (União Brasil)”..

“No quesito regulação, o Governo do Estado ao longo de 17 anos demonstrou total incompetência para resolver. Enquanto eles procurarem culpados e se esquivarem da responsabilidade, a população continuará sofrendo e morrendo na fila da regulação”, completou Alan Sanches.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia