Em caso raro, mãe dá à luz trigêmeos idênticos em SC: ‘Em choque’, diz

Uma mulher deu à luz trigêmeos idênticos em Blumenau, no Vale do Itajaí. O casal de Rodeio, na mesma região catarinense, levou um susto na primeira ultrassom, quando ouviu três corações batendo. O parto ocorreu no dia 29 de outubro e foi divulgado nesta quarta-feira (11) pelo hospital.

Ela e o marido, Itamar Antunes, são fizeram nenhum tratamento e são pais de primeira viagem. Segundo a equipe do Hospital Santo Antônio, onde ocorreu o parto, caso de trigêmeos idênticos ocorre uma vez a cada 50 milhões de nascimentos e a probabilidade de uma gravidez natural gerar trigêmeos é de duas a cada um milhão de nascimentos.


“Por se tratar de uma gestação trigemelar, é bem menos frequente porque é mais comum de gêmeos, então precisa de uma dupla divisão do embrião ou mesmo que um embrião se divida e tenha mais uma gestação, para então formar três embriões”, detalhou a obstetra Andréia Sayaka.
Nem mesmo quem tem mais de 30 anos de experiência tinha visto casos como esse. “Já vi trigêmeos, mas idênticos não tinha visto ainda”, diz o médico neonatologista Egídio Negri.
Como a gestação era de risco, a mãe ficou internada a partir do 30ª semana de gestação. Os três irmãos dividiram a mesma placenta por quase oito meses, nascendo no final do sétimo mês da primeira gestação de Taiza, que tem 29 anos.
A cesárea ocorreu de forma tranquila, segundo o hospital. Davi nasceu 12h12, Gael, às 12h14 e Thomas nasceu às 12h15. O pai escolheu o nome de um dos meninos; a mãe, de outro e o terceiro teve o nome escolhido pelos dois.
Todos passam bem, mas devem ficar no hospital por mais duas semanas. Os irmãos estão na unidade de terapia (UTI) neonatal.