ACM Neto diz que votou em Bolsonaro e diz ser contra impeachment: ‘Brasileiros não conheciam suas limitações’

ACM Neto diz que votou em Bolsonaro e diz ser contra impeachment
Reprodução/O Cafezinho

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, afirmou, na manhã desta segunda-feira (4), ser contra o impeachment do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). “A minha opinião é clara. Eu não defendo o impeachment. Já disse claramente que, neste momento, não sou a favor do impeachment. Existem outras pautas e agenda para o Brasil. Ponto!”, após ser questionado algumas vezes, repetidamente, pelos jornalistas do UOL que participavam da entrevista. O ex-prefeito de Salvador, pela primeira vez, declarou publicamente que votou em Bolsonaro no 2º turno das eleições presidenciais de 2018.

“Naquele momento, primeiro, era um voto anti-PT e, efetivamente, Bolsonaro até então não tinha tido nenhuma oportunidade de governar. A maioria dos brasileiros não conhecia, assim como eu, as suas limitações, ou qualidades e defeitos. Naquela circunstância, meu voto foi aquele. Ponto!”, disse. Questionado em quem votaria em um possível segundo turno entre o ex-presidente Lula (PT) e o presidente Bolsonaro no pleito do ano que vem, ACM Neto disse que, como dirigente partidário, não poderia “especular”.

“Como presidente de um partido não posso dar esse tipo de resposta, porque, primeiro, tenho que acreditar no taco do meu grupo político, na nossa capacidade de construir alguma coisa que nos coloque em um cenário diferente. É exatamente esse tipo de pergunta, se é Lula ou Bolsonaro, que as pessoas ainda não despertaram para a hipótese de uma não polarização, de uma outra alternativa. Então, eu prefiro não ficar preso a essas duas escolhas”, despistou,  ao afirmar que espera que o Brasil “tenha a possibilidade e oportunidade de votar no primeiro e no segundo turno um nome novo”.

Fonte: Bahia.Ba