MPF investiga ministério de Damares por gasto de apenas 44% da verba prevista

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O Ministério Público Federal (MPF) abriu uma investigação para apurar o investimento de apenas 44% da verba disponível pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandado por Damares Alves. De acordo com o órgão, a baixa execução da pasta pode impactar projetos e programas do governo e o combate à violência de gênero.

Damares se pronunciou sobre o inquérito nas redes sociais e afirmou que o orçamento “foi empenhado com sucesso”. “É claro que não vou liberar dinheiro para o telhado da obra se a construtora não fizer antes as paredes. Em nossa gestão, o valor só é liberado fase por fase da realização da obra, do projeto ou do programa, com a devida prestação de contas e com relatórios. Só recebe dinheiro para a próxima etapa da obra após medição e conferência do que já foi feito”, escreveu.

“Que planeta este povo que me denuncia por gastar pouco vive? Onde estavam os denunciantes quando dinheiro público era roubado ou desviado para outros países visando alimentar ditaduras de esquerda? Aqui tranquila aguardando ser intimada para esclarecer tudo ao MPF”, completou a ministra.

*Reportagem Metro1