Criminosos usam aplicativos e e-mails falsos para aplicar golpes em quem vai declarar o Imposto de Renda; entenda

Ligações e mensagens via WhatsApp também eram utilizados pelos golpistas

Foto: Fábio Rossi/Agência O Globo

Golpistas utilizam de aplicativos, e-mails falsos, mensagens de WhatsApp e até ligações para enganar contribuintes na reta final da declaração do Imposto de Renda. O bloqueio do acesso para os contribuintes acontece nesta sexta-feira (31) às 23:59.

De acordo com o Extra, as ações did criminosos tem como objetivo roubar dados pessoais e financeiros. Os e-mails falsos utilizam logotipo original e termos técnicos para que as vítimas acreditem na veracidade do comunicado e clique nos links ou baixe documentos.

Ao baixar documentos ou clicar em links, as vítimas acabam instalando um malware que rouba seus dados.

Os golpistas também utilizam aplicativos que imitam o Meu Imposto de Renda, ferramenta oficial. Para garantir que está acessando um aplicativo oficial é necessário utilizar apenas lojas oficiais de desenvolvedores seguros.

A Receita Federal alerta que não utiliza e-mails, ligações ou mensagens de WhatsApp para emitir comunicados.

“As comunicações oficiais orientam o contribuinte a acessar a página oficial da Receita, autenticar-se e consultar suas pendências”, informa a Receita Federal.

 

 



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia