Operação Jeremias 23: pastor evangélico é acusado de abusar sexualmente de fiéis em troca de “livramentos”

Foto: reprodução/ redes sociais

A Polícia Civil efetuou a prisão de um pastor evangélico, na manhã desta quarta-feira (22). O investigado é alvo da Operação Jeremias 23, por abusar sexualmente de fiéis no Distrito Federal. Segundo informações, o pastor se aproveitava da fé das vítimas para cometer os abusos.

A Operação Jeremias 23, foi conduzida pela 26ª Delegacia de Polícia de Samambaia, e recebeu este nome pois tem como referência uma passagem bíblica que fala sobre falsos profetas.

Segundo informações divulgadas pelo Bnews, o pastor fazia “revelações” de morte para os parentes dos fiéis e para evitar estas fatalidades, as vítimas deveriam ter relações sexuais com ele ou praticar sexo oral.

O representante religioso se chama Sinval Ferreira e tem muitos seguidores em suas redes sociais. Em suas pregações, o pastor fee apresentava para os fiéis como profeta e fazia as tais “revelações”.

Ainda de acordo com o site, um dos fiéis foi abordado pelo investigado e orientado que sua esposa morreria, caso não recebesse as “sete unções” nas partes íntimas do pastor. O pastor responderá por violação sexual mediante a fraude e extorsão.

 

 



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia