APLB diz que aulas semipresenciais da rede estadual poderá acontecer em setembro

APLB diz que aulas semipresenciais da rede estadual poderá acontecer em setembro
imagem: reprodução

A APLB  decidiu que o retorno das aulas semipresenciais só ocorrerão em setembro, na rede estadual de  ensino na Bahia.

Segundo informações do presidente, Rui Oliveira, 97% da categoria  decidiu pelo retorno apenas se os profissionais de ensino estiverem amplamente imunizados.  Uma contraproposta foi encaminha ao governo.

Uma das reivindicações é que todos os trabalhadores sejam imunizados e não tenham cortes de salários.

Rui informou ainda que  será pedido que exista o cumprimento do protocolo de biossegurança, que prevê, entre outros pontos, o não retorno de profissionais com comorbidades, a não reabertura das escolas.

A categoria é a favor de manter as aulas online até que todos os profissionais estejam imunizados com as duas doses da vacina contra o novo coronavírus.

Em junho o governador Rui Costa anunciou a retomada das aulas e afirmou que os servidores que não cumprirem a carga horária definida será penalizado com a não remuneração, como qualquer trabalhador que falte ao posto de trabalho.

De acordo com o governo, apesar da baixa adesão, não há previsão para cancelamento das aulas semipresenciais.