Estado convoca mais 150 professores da Educação Básica e 21 da Educação Escolar Indígena aprovados em seleção REDA

Foto ilustrativa
A Secretaria da Educação do Estado (SEC) publicou, nesta quarta-feira (22), no Diário Oficial do Estado (DOE), a convocação de 150 professores da Educação Básica e 21 professores da Educação Escolar Indígena aprovados na seleção do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA).
Os profissionais convocados por ordem de classificação foram habilitados no Edital n° 01/2019, de 26/02/2019, e devem encaminhar a documentação exigida para o e-mail [email protected], bem como realizar a entrega presencial, no período de 23/09 a  06/10.
Acesse o Edital de Convocação (https://bit.ly/2W0unNN)
Os candidatos aprovados para o interior do Estado deverão comparecer nas sedes dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) munidos da documentação original e fotocópia, no horário das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h30.
Os aprovados em Salvador devem apresentar a documentação, no mesmo horário, na Secretaria da Educação do Estado, na Avenida Luiz Viana Filho nº 550, 5ª Avenida, Centro Administrativo da Bahia – CAB, 1º andar, sala 138.
Entre os documentos necessários estão o diploma devidamente registrado de conclusão do curso de nível superior para a função temporária que concorreu, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC); Carteira de Identidade; CPF; Certidão de Nascimento ou de Casamento; Título de Eleitor e comprovantes dos dois últimos pleitos ou certidão de quitação eleitoral fornecida pelo respectivo cartório eleitoral; PIS/PASEP (caso seja inscrito); e Carteira de Trabalho e Previdência Social.

A superintendente de Recursos Humanos da SEC, Rosário Muricy, falou que as convocações são para suprir eventuais demandas do quadro do magistério.  “Neste ano, fizemos a convocação e a nomeação dos professores e coordenadores pedagógicos do concurso da Educação, além de convocar mais professores para as diferentes ofertas e modalidades, como é o caso da Educação Escolar Indígena. Em agosto, foram 63 professores indígenas convocados e agora mais 21 e isto ressalta ainda mais o compromisso do Governo da Bahia com a Educação no atendimento à demandas educacionais específicas da nossa rede”, afirmou.

Assessoria de Comunicação Secretaria da Educação do Estado da Bahia