Professor é preso acusado de estuprar meninas entre 8 e 10 anos

Um professor do ensino fundamental foi preso, na cidade de Ocara, no Ceará, suspeito de estupro de vulnerável contra nove meninas entre 8 e 10 anos. A detenção do homem de 54 anos ocorreu na manhã desta terça-feira (6), na Delegacia Municipal da cidade, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Os crimes foram descobertos após a divulgação da hashtag #exposed denunciar, por meio das redes sociais, crimes de abusos e estupros. Entre as vítimas estão parentes do suspeito. Ele nega as acusações.

“O início das denúncias foi com a parente do suspeito, que ele colocava no colo e acariciava as partes íntimas delas”, informa o delegado Ivanildo Alves, titular da delegacia do município. Segundo ele, após a primeira acusação, outras crianças tiveram coragem de contar aos pais, que procuraram a delegacia. O delegado convoca outras pessoas, pais de vítimas a realizarem as denúncias e desconfia que os abusos sexuais ocorrem desde 2005.

A forma de ação do professor, de acordo com Alves, era semelhante. Ele costumava colocar as alunas no colo, e acariciar por baixo das saias, até as partes íntimas. Em outro caso, uma aluna disse, de acordo com o delegado, que o educador colocava a mão na barriga e ia subindo até a área dos peitos da criança.

O advogado Zacarias Antônio Oliveira Pinto, que defende o professor, afirmou ao O POVO que o cliente nega todas as acusações. Ele foi conduzido à Cadeia Municipal de Baturité, para cumprir o mandado de prisão preventiva. Ainda de acordo com o delegado, as meninas devem passar por acompanhamento psicológico.

Fonte: Correio