Lava a Jato: Buscas contra a Odebrecht investigam relação entre Maurício Ferro e Jacques Wagner

 

O senador Jaques Wagner (PT) está na mira da Operação Lava Jato de Curitiba. Segundo a coluna Radar, da revista Veja, no mandato de busca dos endereços do ex-executivo da Odebrecht, Maurício Ferro, expedido pela juíza Gabriela Hardt, há orientação para encontrar documentos que possam comprovar a relação do ex-governador da Bahia ao investigado.

Outros petistas estão na lista, como José Eduardo Cardozo, Giles Azevedo, Fernando Pimentel, Aloizio Mercadante, Anderson Dornelles, Edinho Silva, Beto Vasconcelos, Aldemir Bendine e José Di Filippi Júnior. Além deles, também estão os advogados Nelson Jobim, Dora Cavalcanti e o falecido Marcio Thomaz Bastos.

Há ainda pessoas jurídicas e empresários, como André Esteves e o BTG. Vale lembrar que por ocupar um cargo no Senado, Wagner tem foro privilegiado.