Dayane sobre Bolsonaro no PSL: ‘Se você não está satisfeito, é justificável que você saia’

 

Presidente do PSL na Bahia, a deputada federal Dayane Pimentel deu mais uma declaração em que demonstra o rompimento com o presidente Jair Bolsonaro e que está ao lado do presidente nacional do PSL, Luciano Bivar.  Perguntada se Bolsonaro permanece no PSL, Dayane respondeu que, se o chefe do Palácio do Planalto “não se sente satisfeito no partido”, “talvez o melhor caminho para ele realmente fosse mudar de partido”.

“Embora nós, os seus correligionários, entendemos que é importante a figura dele para nosso partido, que ele componha essa história junto conosco. O PSL foi o único partido que abriu as portas para o nosso presidente Bolsonaro e ser grato é uma qualidade que na política lhe eleva muito. Eu não poderia ser ingrata a minha legenda, eu não poderia ser ingrata ao presidente Luciano Bivar, eu não poderia ser ingrata aos meus colegas deputados que vivem comigo as suas insatisfações. Tudo isso aconteceu a cerca de relações interpessoais, acabou explodindo e o que deveria ser de cunho pessoal se tornou um explosão de cunho político”, declarou, em entrevista ao site Acorda Cidade.

Dayane disse que o partido não está dividido entre bolsonaristas e bivaritas. “Não existe grupo de Bivar e Bolsonaro, o que existe é o grupo que aceita tudo, que diz amém a tudo, e existe o grupo que não aceita erros, que não diz amém a tudo e eu faço parte desse segundo grupo”, pontuou.

Fonte: BN