‘Racismo é crime e precisamos enfrentar’, diz Rui no Dia da Consciência Negra

Foto: Evandro Veiga

Em missão internacional com os governadores do Nordeste, o governador Rui Costa (PT) comentou sobre o Dia da Consciência Negra, comemorado nesta quarta-feira (20).

Para o petista, falar em “dia da consciência humana” em pleno 20 de novembro é “uma tentativa de impor aos negros mais desigualdade e exclusão social”.

“É preciso refletir para que conceitos como esse não sejam reproduzidos. Existe uma parcela da população brasileira que sofre discriminação e racismo estrutural há séculos e o Dia da Consciência Negra é parte dos esforços para corrigir isso. Nossos olhos estão cada vez mais abertos para todo e qualquer tipo de racismo, por mais sutil que ele tente ser”, escreveu em seu perfil no Instagram.

“O racismo é crime e precisamos enfrentar ele com a força da lei. Não podemos admitir retrocessos. A luta por reparação vai continuar, vamos trabalhar por uma sociedade verdadeiramente justa e igualitária, com oportunidade para todos. Chega de perpetuar essa parte dolorosa de nossa história. Todas as vozes contra o racismo. Todas as leis contra os racistas”, acrescentou.

*bahia.ba