‘Gostei muito dele’, diz Bolsonaro sobre presidente suspenso da Fundação Palmares

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que gostou “muito” de Sergio Camargo,  indicado para presidir a Fundação Palmares, mas teve a nomeação barrada pela Justiça . Camargo foi apresentado a Bolsonaro na tarde de terça-feira, em uma reunião no Palácio do Planalto. Segundo a Agência O Globo, Bolsonaro disse que não irá entrar em detalhes sobre a conversas, mas afirmou ter tido uma impressão “excelente” do Camargo.

Questionado se concordava com declarações antigas de Camargo,  que, entre outras coisas, disse que não há “racismo real” no Brasil, que a escravidão foi “benéfica” para descentes de escravos e que o movimento negro precisa ser “extinto” Bolsonaro voltou a dizer que não entraria em detalhes e elogiou o escolhido, “ele é excelente. Não tem essa história de branco, negro. Somos iguais e ponto final.