Imprensa merece as ‘bananas’ de Bolsonaro, diz Jean Wyllys

O ex-deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) usou o Twitter, onde possui cerca de 850 mil seguidores, para criticar a atividade dos grandes grupos de comunicação do Brasil. O jornalista, escritor e pesquisador espera uma cobertura mais incisiva do círculo de poder em torno de Jair Bolsonaro.

“Respeito é algo que se conquista, não é concedido. Enquanto a imprensa comercial seguir com sua postura esquizofrênica em relação ao governo fascista (criticar o presidente, mas proteger os ministros da Economia e Justiça), merecerá as bananas que o fascista tem lhe mandado”, escreveu no domingo, dia 16. A postagem gerou 4 mil curtidas.

Além de desaprovar ações e palavras de Bolsonaro, Wyllys também despreza, como constatado em seu tweet, as decisões e ideologias de Paulo Guedes e Sérgio Moro, os dois mais poderosos e populares ministros. Ambos desfrutam de dilatado espaço e valioso crédito no noticiário de TVs, rádios, jornais, revistas e portais. (Terra)