Sergio Moro não assinou exoneração de Valeixo, informa Planalto à PF

A Secretaria-Geral da Presidência comunicou à Polícia Federal por meio de um ofício de que o ex-ministro Sergio Moro não assinou o ato de exoneração do ex-diretor-geral da Polícia Federal Maurício Valeixo.

A exoneração do então diretor-geral foi publicada no Diário Oficial no último dia 24 de abril. Na publicação, tanto o nome de Moro quanto de Jair Bolsonaro são mencionados como encarregados pelo ato, conforme o G1.

Vale lembrar que, a demissão de Valeixo gerou a saída de Moro do Ministério da Justiça. Além disso, o ex-juiz também disse ter ficado surpreso com a atitude já que não assinou a exoneração.

Para explicar a ação para a Polícia Federal, que investiga uma suposta interferência de Bolsonaro na PF, a Secretaria-Geral disse que geralmente o nome do ministro é publicado no Diário Oficial, quando o ato está relacionado ao seu ministério.

“Segundo a praxe administrativa, a publicação em ‘Diário Oficial’ vem acompanhada da inclusão da referenda do ministro ou ministros que tenham relação com o ato”, explicou a secretaria no ofício.

Fonte: IstoÉ