Bolsonaro compara indicação ao STF a futebol: ‘cada um tem seu preferido’

 

O presidente Jair Bolsonaro comentou hoje (3) sobre sua indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF), desembargador Kassio Nunes Marques. Em resposta a um seguidor no Facebook, que o perguntou “por que Kassio e não Brettas” para a nomeação, o líder do Executivo fez uma comparação do processo com o futebol e afirmou que sofreria críticas independente de sua escolha.

“Indicação para o Supremo virou algo como escalação da Seleção de futebol. Cada um tem o seu favorito. Qualquer um que indicasse sofreria críticas. O que indiquei agora também é caluniado, em especial por aqueles que chegaram até mim e não conseguiram emplacar o seu indicado. O próximo, 2021, será um evangélico, como havia me comprometido”, escreveu o presidente.

Ontem (2), a indicação de Kassio Nunes Marques para ocupar o lugar de Celso de Mello no Supremo, cuja aposentadoria foi antecipada para o dia 13 deste mês, foi publicada no Diário Oficial da União.

Fonte: Metro1