Bolsonaro escolhe ministro Jorge Oliveira para indicar ao TCU

Após ser preterido da primeira indicação do presidente Jair Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, pode ser agraciado com uma cadeira no Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo a coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo, Bolsonaro já tomou essa decisão.

A publicação conta que a articulação foi feita nos últimos dias e o anúncio oficial de Bolsonaro já é esperado. A vaga em questão é a do ministro José Mucio Monteiro, que vai se aposentar no dia 31 de outubro. Em encontro Bolsonaro, na última sexta-feira (2), ele disse que vai protocolar o pedido nesta semana e foi informado sobre quem deve ser seu sucessor.

De acordo com a coluna, esse anúncio antecipado vai permitir que Bolsonaro envie logo o nome de Oliveira para ser sabatinado no Senado – o presidente indica, mas são os senadores que aprovam ou não o nome escolhido para o posto. A ideia, com isso, é que a sabatina do ministro da Secretaria-Geral ocorra na mesma época da sabatina do desembargador Kassio Nunes, já oficialmente indicado ao STF. Se aprovado, ele ocupará a cadeira do ministro Celso de Mello, que se aposenta neste mês.

Fonte: Bahia Notícias