Após viagem para Noronha paga pelo Senado, Flávio Bolsonaro alega ‘equívoco’ e cancela reembolso

O gabinete do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) informou ontem (31) que houve um “equívoco da equipe” que pediu, “por engano”, o reembolso das passagens aéreas para o arquipélago de Fernando de Noronha (PE), onde o parlamentar passa o feriado com a mulher, Fernanda Antunes Figueira.

Segundo dados disponíveis no site do Senado Federal, a passagem de ida e volta entre Recife e Fernando de Noronha custou R$ 1.361,19. Flávio havia solicitado o reembolso por parte do Senado com recursos da chamada cota parlamentar. O uso desses valores só é permitido quando a viagem é a trabalho.

Em nota, o gabinete ainda informa que o senador já fez a solicitação para cancelar o reembolso e também para cancelar os pedidos de diárias.

Flávio viajou para Fernando de Noronha com a mulher, Fernanda Antunes Figueira, na quinta-feira (29) e tem volta prevista para terça-feira (3).

Metro1