São Paulo: Covas larga com vantagem sobre Boulos no 2º turno, diz Paraná Pesquisas

 

O atual prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), largou com vantagem sobre o candidato oposicionista Guilherme Boulos (PSOL), na primeira amostragem publicada pelo instituto Paraná Pesquisas após a definição do segundo turno paulistano. Segundo a amostragem, o tucano marca 61,5% das intenções de votos válidos, contra 38,5% do psolista.

Considerando os votos totais, Covas alcançaria 50,3%, contra 31,5% de Boulos, conforme os números da Paraná Pesquisas. Um total de 12,4% dos entrevistados respondeu que votaria branco ou nulo, enquanto 5,8% não sabe ou não respondeu.

Caso o segundo turno das eleições fossem hoje, Boulos só venceria Covas entre os mais jovens, entre 16 e 24 anos de idade. Mesmo assim, com empate técnico, considerando a margem de erro. Nessa faixa etária, o candidato do PSOL alcança 43,0%, contra 39,7% do atual prefeito.

REJEIÇÃO

Segundo a Paraná Pesquisas, 47,9% dos entrevistados não votaria em Guilherme Boulos de jeito nenhum para prefeito de São Paulo. Para o atual prefeito Bruno Covas, o número é de 34,7%.

A rejeição ao candidato do PSOL cresce proporcionalmente à idade do entrevistado. Entre os mais jovens, de 16 a 24 anos de idade, apenas 31,4% rejeitam Guilherme Boulos. Já entre os idosos, com 60 anos ou mais, 55,5% dizem que não votariam no oposicionista.

A pesquisa ouviu, entre os dias 16 e 17 de novembro, 1.000 pessoas no município de São Paulo. A margem de erro é de 3,0 pontos percentuais, para mais ou para menos, com 95% de nível de confiança. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP-09859/2020.

Fonte: BN