Renan Calheiros planeja retornar como líder da maioria no Senado e opositor de Bolsonaro

Cacique do MDB, o senador Renan Calheiros (AL) está planejando retornar como a liderança maior no Senado, após dois anos subemerso. O medebista tem dados sinais de que voltará à ativa e na oposição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que conseguiu emplacar seus aliados nas presidências da Câmara e do Senado.

De volta à ativa, a primeira batalha de Calheiros é desencorajar a indicação de Davi Alcolumbre (DEM-AP) para o comando da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Renan tem dito aos colegas que Alcolumbre precisa entender que é hora de desencarnar do cargo e confidenciou a outro senador que foi a primeira vez que assinou um pedido de abertura de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) — no caso, a da Covid-19. As informações são da coluna Painel, da Folha.

*Bahia.Ba