STF arquiva ação do PDT contra Jair Bolsonaro

A queixa-crime do PDT contra o presidente Jair Bolsonaro no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre as supostas práticas de peculato e prevaricação foi arquivada. O partido acionou o Supremo após terem sido veiculados os gastos da presidência em 2020 com alimentos, que atingiram a casa de R$ 1,8 bilhão. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

O partido afirmou que o gasto não foi compatível com a quantidade de alimentos comprados e que houve desvio de recursos que deveriam terem sido usados no combate ao coronavírus.

O relator do caso, ministro Marco Aurélio, arquivou a queixa-crime, sob a justificativa de que “o titular de possível ação penal, o Ministério Público Federal, por meio da atuação do Procurador-Geral da República, ressalta a inexistência de indícios da prática de crime”.

*Bahia.Ba