Otto sobre CPI da Covid: ‘Ninguém é menino para ouvir grito do capitão’

Foto: Rodrigo Aguiar/ bahia.ba

O senador Otto Alencar (PSD), membro da CPI da Covid no Congresso Nacional, afirmou ao bahia.ba nesta segunda-feira (19) que não recebeu nenhum tipo de pressão do governo federal para conter os desdobramentos das apurações na comissão.

Segundo o Blog do Camarotti, do jornalista Gerson Camarotti, do portal G1, integrantes da CPI da pandemia observaram no fim de semana uma mudança na estratégia do governo Bolsonaro para tentar frear as investigações. De acordo com senadores, sem conseguir evitar a instalação da comissão, o Palácio do Planalto iniciou um movimento de intimidação para conter os desdobramentos das apurações.

“Ninguém aqui é menino para ouvir grito do capitão. Está tudo tranquilo até agora. Não chegou nada de pressão até mim. Não sofri pressão do governo e nem de ninguém. Acho só que quem cala consente e pode até ouvir os gritos do capitão”, ressaltou ao bahia.ba.

*Bahia.ba