Senado diz que Pazuello passou mal, e ex-ministro nega; sessão é suspensa

Senado diz que Pazuello passou mal, e ex-ministro nega; sessão é suspensa
Foto: Edilson Rodrigues/ Agência Senado

Após a suspensão da sessão em que era ouvido na CPI da Pandemia nesta quarta-feira (19), o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello afirmou que não passou mal. “Não houve nada disso”, afirma Pazuello.
Segundo o Senado Federal, Pazuello passou mal e foi atendido por Otto Alencar. O ex-ministro, no entanto, nega a versão dos senadores

A indisposição do ex-ministro foi informada pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), que é médico e relatou tê-lo auxiliado. O parlamentar afirmou que Pazuello passou por um quadro de síndrome vagovagal e que estava pálido.

“Eu vi que ele estava assim. Falei com ele, mudei de posição. Ele ficou deitado, elevamos os membros superiores e voltou a ter uma circulação normal no cérebro. É uma síndrome que acontece muito em quem está com distúrbio nervoso”, disse Alencar, em entrevista à TV Senado.
Ao deixar o Congresso, o ex-ministro da Saúde, no entanto, negou que tenha se sentido mal e afirmou que a sessão foi adiada devido ao horário. “Não passei mal. Não aconteceu nada. Amanhã o depoimento continua”, disse Pazuello.