“Se pudesse, mudava meu título pra votar nele”, diz ministro da Educação em evento com João Roma em Salvador

“Se pudesse, mudava meu título pra votar nele”, diz ministro da Educação em evento com João Roma em Salvador
Vagner Souza/BNews

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, evitou dar contorno eleitoral à agenda que cumpriu em Salvador, nesta sexta-feira (6), ao lado do ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos) – cotado a disputar o governo da Bahia como emissário do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Eu sou muito amigo do João Roma, mas o nosso evento aqui, embora ele seja o nosso anfitrião, não teve nenhum caráter político. Nós simplesmente viemos tecnicamente e ele é uma pessoa muito capaz. Claro, se ele tiver pretensões, se eu pudesse até mudava meu título aqui pra votar nele”, disse ao BNews, durante o encontro que reuniu 70 prefeitos no Centro de Cultura Cristã, no bairro do Stiep.

“Agora o hoje o assunto foi o FNDE, as escolas, as creches, as quadras. Este foi o tema e fomos aqui recebidos e muito bem recebidos como Governo Federal pelo pastor Valdomiro, da Assembleia de Deus, a quem desde logo, desde já eu deixo aqui minha gratidão”, acrescentou.

Apesar de não confirmar a pré-candidatura, João Roma tem atraído prefeitos e lideranças pelo interior da Bahia com obras e recursos federais para investimentos nos municípios.

As últimas pesquisas de intenção de voto sinalizam um percentual de 15% ao seu nome, consolidando a ideia de uma terceira via à polarização entre PT e DEM, com as candidaturas do senador Jaques Wagner e do ex-prefeito de Salvador ACM Neto.

Naquela ocasião, Roma afirmou, em entrevista ao programa BNews Agora, na rádio Piatã FM, sua intenção de defender o legado do presidente Bolsonaro na Bahia.

“Tenho afirmado que não só irei intensificar a agenda de Bolsonaro, como serei responsável por defender seu legado na Bahia. Será uma responsabilidade que não vou me curvar”.

*BN