Jerônimo Rodrigues e João Roma protagonizam troca de farpas nas redes sociais

Jerônimo Rodrigues e João Roma protagonizam troca de farpas nas redes sociais
Foto: Divulgação / Montagem BN

Os pré-candidatos ao governo da Bahia pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Jerônimo Rodrigues, e pelo Partido Liberal (PL) João Roma,  protagonizaram uma troca de farpas pelas redes sociais. O clima tenso teve como pano de fundo o perdão presidencial concedido por Jair Bolsonaro ao deputado Daniel Silveira, após o STF condená-lo a pouco mais de oito anos de prisão.

Pelo Twitter Jerônimo Rodrigues repudiou a decisão de Bolsonaro pelo decreto que concedeu o benefício da graça. “Condenado à prisão por ameaçar a democracia e os ministros do STF. A decisão de Bolsonaro é inconstitucional, incentiva a violência e estimula novos ataques contra a democracia”, publicou.

O petista classificou ainda como mais um escândalo protagonizado pelo presidente. “As eleições presidenciais têm dois lados bem definidos. Como pré-candidato a governador, estou do lado da melhor opção para a #Bahia: @LulaOficial. Do outro lado, nem todo mundo tem coragem de assumir que está com Bolsonaro”, disse.

João Roma não gostou da fala. Ele parabenizou a atitude do presidente e disse que a ação representa zelo pelos princípios democráticos e de liberdade  em nossa República. “O indulto concedido pelo presidente @jairbolsonaro ao deputado Daniel Silveira se pautou na defesa da liberdade de pensamento e expressão, um valor muito caro à Democracia. Violência é querer solapá-lo e contrariar o equilíbrio entre os poderes de uma República”, postou.

Fonte: Bahia Notícias