Filme de Tau Tourinho é selecionado para festival de cinema Manaus Filme Horror Fantástico

Filme de Tau Tourinho é selecionado para festival de cinema Manaus Filme Horror Fantástico
Imagem: Divulgação

O curta metragem do cineasta santoantoniense, Tau Tourinho, foi selecionado  para o 2º Manaus Filme Horror Fantástico.

“Temos a alegria de informar que seu filme ‘A Alma de Zé do Caixão Agoniza’ foi selecionado em Manaus,  informou os organizadores do festival após semanas de expectativas.

Seguindo todas as normas de prevenção e distanciamento, o 2º Manaus Filme Horror Fantástico ocorrerá de forma presencial, de 19 a 22 de Outubro de 2021, no Centro Cultural Palácio da Justiça, Sala Hamilton Mourão, com uso de 50% de sua capacidade e os presentes ao evento terá que apresentar o cartão de vacinação de pelo ao menos uma dose aplicada.

O curta-metragem ‘A Alma de Zé do Caixão Agoniza’ foi produzido no início da pandemia, em março de 2020, momento em que o diretor Tau Tourinho experimentou um ano de solitário isolamento em um casarão de 1835, na cidade Cachoeira, onde se inspirou para criar esse arrepiante filme que é, na verdade, uma homenagem a José Mojica Marins – o eterno e brasileiríssimo Zé do Caixão – referência para o NOVOCINEMANOVO, movimento cinematográfico do Recôncavo baiano criado por Tau, Gabriel Lopes Pontes e Lucas Virgolino.

“Pouco tempo após a morte do cineasta José Mojica Marins me veio à ideia fazer um filme de horror, onde uma alma agonizaria pelos ambientes de um casarão mal assombrado e os espelhos refletiriam um passado sombrio. ‘A Alma de Zé do Caixão Agoniza’ foi o primeiro de uma série de quarenta pequenos filmes que produzi durante o isolamento, os quais eu concebia, dirigia, atuava, montava e editava, fazia de tudo”, disse o cineasta Tau Tourinho

Assistam ao trailer desse filme muito estranho e experimente o medo.

 

 

O QUÊ: “A Alma de Zé do Caixão Agoniza”.

QUEM: direção Tau Tourinho.

ONDE: No festival Manaus Filme Horror Fantástico. Manaus-Amazonas.

QUANDO: de 19 a 22 de outubro/2021.

COMO: Formato presencial.

POR QUÊ: É filme de suspense baiano.