Rádio Andaiá realiza mais um Natal Solidário; Dia D acontece em 5/12

A Rádio Andaiá FM realiza mais um “Natal Solidário”, em Santo Antônio de Jesus. A campanha, que já tem mais de 27 anos, visa arrecadar alimentos não perecíveis para as famílias carentes e instituições sociais do município.

O Dia D será no dia 05 de dezembro. As cestas serão entregues antes do Natal.

De acordo com o portal Andaiá.com, na noite desta quarta-feira (3/11), uma reunião realizada na sede do Rotary Club, definiu as estratégias das ações do Natal Solidário junto com as instituições parceiras como o Rotary Club, Lions Club, a Sociedade Espírita José Petitinga, Associação Comercial e Empresarial (Acesaj), Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Centro Espírita Joana de Ângelis, além da Rádio Andaiá FM.

O presidente do Rotary Club, Júnior Santiago, abriu a reunião destacando as ações do Natal Solidário dos anos anteriores. “Em 2019 foi um grande sucesso. Somente em 2020, por causa da pandemia, o Natal Solidário não aconteceu. Este ano, vamos colocar pontos de arrecadação em locais estratégicos e visitar supermercados e mercadinhos de bairro. O Rotary participa há anos do Natal Solidário e agora, com a pandemia, o número de pessoas necessitadas aumentou”, detalhou.

Edson Dias, presidente da Sociedade Espírita José Petitinga, destacou que a distribuição segue uma organização prévia, como a distribuição de senhas para as famílias. “Faz-se um pré-cadastro das famílias que serão beneficiadas com as cestas básicas e a distribuição acontece na sede da SEJP”, explicou.

O Capitão PM Fabrício, do 14º Batalhão da Polícia Militar, sugeriu um engajamento maior este ano para ampliar o número de entidades e participantes. “Sensibilizar os colégios particulares, os influenciadores, os condomínios. Até a corporação, dentro do Batalhão. Não podemos fugir da responsabilidade de ajudar e ser solidário. O 14º Batalhão pode ser um ponto fixo de arrecadação e no Dia D, apoiar as equipes nas ruas com policiamento”, pontuou.

O delegado Washington Luís, representando o coordenador regional da Polícia Civil, delegado Joaquim Pereira, garantiu que a sede da 4ª Coorpin poderá funcionar como um ponto de arrecadação de alimentos.

“O ideal é colocar pontos fixos para arrecadação em locais chaves e arrecadar nas empresas”, sugeriu. Por sua vez, o aspirante Filipe Sarmento, do 16º GBMB, confirmou que a sede do Corpo de Bombeiros estará disponível para ter um ponto de coleta. “O Corpo de Bombeiros costuma realizar campanhas solidárias e arrecada bastante. Uma questão que nos preocupa é no Dia D, haver aglomeração”, lembrou, ressaltando que se ‘deve evitar aglomeração’.

A Rádio Andaiá FM informa ainda que segue todos os protocolos de saúde e manterá a organização evitando aglomeração no ato da arrecadação dos alimentos devido a pandemia do coronavírus, cuidados que serão mantidos durante o Natal Solidário.