MS prorroga prazo para discutir distribuição de remédio para hipertensão pulmonar

Foto: Reprodução/Banco da Saúde

O Ministério da Saúde prorrogou por dez dias o prazo para os interessados enviarem ao Ministério da Saúde sugestões para a distribuição gratuita, pela rede pública, do remédio riociguate, que trata a hipertensão pulmonar tromboembólica (HPTEC).

 

Inicialmente as sugestões poderiam ser submetidas até esta segunda-feira (6). Agora a consulta pública seguirá até o dia 17 de janeiro. As contribuições podem ser encaminhadas por formulário disponível na internet.

 

Consultada pela Agência Brasil, a fabricante, a indústria farmacêutica Bayer, o medicamento é indicado para o tratamento de hipertensão pulmonar tromboembólica crônica em casos não cirúrgicos ou persistentes/recorrentes. O medicamento pode ser encontrado em farmácias por um valor médio de R$ 9 mil por caixa com 42 comprimidos.

*BN




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *