Fiocruz diz que Brasil vive pior momento da pandemia com 10% das mortes registradas no mundo

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) afirmou nesta quinta-feira (11) que o Brasil vive o pior momento da pandemia. A entidade divulgou, em seu boletim quinzenal, que a avaliação é decorrente da piora de alguns dos principais indicadores sobre a Covid-19 no país:

  • alta taxa de ocupação de leitos,
  • tendência de alta nos casos de síndromes respiratórias, e
  • alta participação do país no total de mortes causadas pela doença no mundo.

Um ano após a pandemia ser oficialmente reconhecida, o país acumula 10,3% das mortes que já foram notificadas no mundo por Covid, sendo que o Brasil tem apenas 3% da população global.

“O Brasil se encontra entre os países com piores indicadores, totalizando 11.122.429 casos e 268.370 óbitos” – boletim da Fiocruz

“Os recordes de novos casos e óbitos vêm sendo superados diariamente, acompanhados por uma situação de colapso dos sistemas de saúde em grande parte dos estados e municípios”, aponta a nota divulgada pela Fiocruz.

 

Fonte: G1