Saiba qual vai ser a ordem de vacinação de pessoas com comorbidades e quais doenças são consideradas comorbidades

Foto: reprodução

A vacinação contra covid-19 para pessoas com comorbidades deve ter início na próxima semana. A nova etapa contempla pessoas, com 18 a 59 anos, que possuem comorbidades e doenças crônicas

Confira quais são as doenças que consideradas comorbidades :

Comorbidades Descrição
Diabetes mellitus Qualquer individuo com diabetes
Pneumopatias crônicas graves Individuos com pneumopatias graves incluindo doença pulmonar obstrutiva crônica, fibrose cística, fibroses pulmonares, pneumoconioses, displasia broncopulmonar e asma grave (uso recorrente de corticoides sistêmicos, internação prévia por crise asmática)
Hipertensão Arterial Resistente (HAR) HAR= Quando a pressão arterial (PA) permanece acima das metas recomendadas com o uso de très ou mais anti-hipertensivos de diferentes classes, em doses máximas preconizadas e toleradas, administradas com frequência, dosagem apropriada e comprovada adesão ou PA controlada em uso de quatro ou mais fármacos antihipertensivos
Hipertensão arterial estágio 3 PA sistólica 2180mmHg e/ou diastólica 2110mmHg independente da presença de lesão em órgão-alvo (LOA) ou comorbidade
Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade PA sistólica entre 140 e 179mmHg e/ou diastolica entre 90 e 109mmHg na presença de lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade
Insuficiência cardíaca (IC) IC com fração de ejeção reduzida, intermediária ou preservada: em estágios B, C ou D, independente de classe funcional da New York Heart Association
Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar Cardiopatia hipertensiva Cor-pulmonale cronico, hipertensão pulmonar primaria ou secundaria
Cardiopatia hipertensiva Cardiopatia hipertensiva (hipertrofia ventricular esquerda ou dilatação, sobrecarga atrial e ventricular, disfunção diastolica e/ou sistólica, lesões em outros órgãos-alvo)
Sindromes coronarianas Sindromes coronarianas crônicas (Angina pectoris estável, cardiopatia isquêmica, pos Infarto Agudo do Miocardio, outras)
Valvopatias Lesões valvares com repercussão hemodinamica ou sintomatica ou com comprometimento miocardico (estenose ou insuficiência aortica, estenose ou insuficiência mitral; estenose ou insuficiência
Miocardiopatias e Pericardiopatias Miocardiopatias de quaisquer etiologias ou fenotipos; pericardite cronica; cardiopatia reumática
Doenças da Aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas Aneurismas, dissecções, hematomas da aorta e demais grandes vasos
Arritmias cardíacas Arritmias cardíacas com importância clínica e/ou cardiopatia associada (fibrilação e flutter atriais, e outras)
Cardiopatias congênita no adulto Cardiopatias congênitas com repercussão hemodinamica, crises hipoxemicas, insuficiência cardiaca, arritmias, comprometimento miocardico.
Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados Portadores de próteses valvares biológicas ou mecânicas, e dispositivos cardíacos implantados (marca-passos, cardio desfibriladores, ressincronizadores, assistência circulatória de média e longa permanència)
Doença cerebrovascular Acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorragico, ataque isquêmico transitório, demência vascular
Doença renal crônica Doença renal crônica estágio 3 ou mais (taxa de filtração glomerular < 60 ml/min/1,73 m2) e/ou síndrome nefrótica.
Imunossuprimidos Individuos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea: pessoas vivendo com HIV e CD4
Anemia falciforme Anemia falciforme
Obesidade mórbida Indice de massa corpórea (IMC) => 40
Síndrome De Down Trissomia do cromossomo 21
Cirrose hepática Cirrose hepática Child-Pugh A, B ou C

A Comissão de Intergestores Bipartite (CIB), que reúne representantes das secretarias municipais e estadual de saúde, definiu a ordem de escalonamento dos grupos na Bahia. A escolha levou em  conta o risco de exposição dos pacientes à Covid-19.

Os números de indivíduos de cada grupo levam em consideração apenas quem é assistido no SUS, devendo crescer mediante o cadastramento de pacientes atendidos na rede privada.

ORDEM DE VACINAÇÃO – PESSOAS COM COMORBIDADES

  1. Doenças renais crônicas em tratamento de hemodiálise (9.845 pessoas)
  2. Síndrome de Down (3.793)
  3. Transplantados (1.721)
  4. Imunossuprimidos (27.027)
  5. Pessoas com outras doenças renais crônicas (4 mil)
  6. Pneumopatias crônicas graves (212.457)
  7. Doenças cardiovasculares (78.270)
  8. Obesidade mórbida (17.051)
  9. Doença cerebrovascular (41.615)
  10. Doenças hepáticas crônicas/cirrose hepática (4.846).
*ibahia