Minha flor – por Ten. Vaz

Mãe,

Mãezinha,

Minha mãe,

Mainha…

Tantas formas de falar A coisa mais linda do mundo

Que traduz com singeleza

Um amor bem mais profundo.

Tu és Rainha do Lar

Criação especial de Deus

Que a ti legou o dom

De acalentar os filhos seus.

“Bendita és tu entre as mulheres,

Bendito o fruto do teu ventre”.

Quero viver sempre ao teu lado

Ter o teu colo eternamente.

És a flor mais linda

No singelo jardim divino

Espalhando o perfume do amor

Pois esse e o teu destino.

Teus dias são todos os dias.

É impossível viver sem teu carinho

Contrariando a própria natureza,

És a única flor sem espinhos.

 José Carlos Vaz Souza Miranda  



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia