Homem que escapou de enxurrada forte em Goiás: “Desespero total”

Homem que escapou de enxurrada forte em Goiás: “Desespero total”
Foto: reprodução

Sinais de destruição e lama ainda tomam conta do quintal e das paredes da casa do promotor de vendas Rômulo do Carmo Couto, de 37 anos, que teve o imóvel parcialmente destruído depois de ser invadido por uma forte onda de enxurrada, em Anápolis, a 55 km da capital goiana. “Foi desespero total”, resumiu ele ao Metrópoles, nesta terça-feira (23/11).

Em vídeo que viralizou nas redes sociais, o morador aparece escapando por pouco da onda enorme de enxurrada que destruiu o muro do fundo de seu imóvel. A lama se espalhou pela grama do quintal, antes de invadir sua casa, por volta das 12h230 da última quinta-feira (18/11). A água suja atingiu alimentos, roupas e eletrodomésticos, entre os quais a cama, sofás, geladeira e fogão.

“Tive um prejuízo em torno de R$ 80 mil. Tudo foi destruído, mas, graças a Deus, eu, minha esposa e os quatro cachorros estamos bem. Agora é trabalhar para comprar tudo de novo”, afirma ele.

“Não deu tempo”

No vídeo, Couto aparece conversando ao celular, em uma área no seu quintal. Em seguida, ele desce cinco degraus correndo, imediatamente depois de perceber que o muro não estava resistindo à pressão da lama, que invadiu o imóvel de forma violenta, durante a forte chuva.

O morador contou que estava desesperado em ligação com o dono do imóvel ao lado, por onde a enxurrada entrou, para relatar a situação ao vizinho. A ideia era evitar que um desastre ocorresse nas próximas horas. No entanto, a força da lama não esperou.

“Eu fiquei desesperado. Às 12h35, eu estava em ligação com ele [vizinho] quando ocorreu o desastre. Cheguei a colocar o dedo na fissura e corri desesperado. Depois, segurei nas pilastras atrás da casinha dos cachorros. A câmera filmou 18 minutos de água entrando direito, mas foi mais”, diz.

Metropóles