Salvador: homem morre após ser imobilizado por agentes da CCR Metrô

Homem morreu após abordagem de agentes da CCR Crédito: Reprodução/Correio

O porteiro Edmar Santos Costa Moreira, com 38 anos de idade, morreu após ser imobilizado por seguranças da CCR Metrô, na Estação Acesso Norte, em Salvador. O caso ocorreu por volta das 6 horas da manhã do dia 6 de janeiro. A família suspeita que sua morte tenha resultado de asfixia e que ele tenha sofrido uma parada respiratória devido à abordagem.

Entretanto, de acordo com informações do Correio, a confirmação do óbito só veio 12 horas depois, por volta das 18 horas, quando a irmã e o pai da vítima foram ao Instituto Médico Legal (IML) em busca de Edmar e puderam identificar seu corpo. A causa da morte ainda não foi oficialmente confirmada pelo IML. O enterro de Edmar aconteceu no dia 7, no Cemitério 1ª Ordem Primeira de São Francisco.

Os advogados da família, Pedro Fernandes e Dielson Monteiro, declararam ao Correio que nenhum órgão fez contato para notificar sobre o falecimento, apesar de Edmar estar portando seus documentos. Foi somente quando os superiores de Edson entraram em contato com sua esposa para informar que ele não havia chegado ao trabalho que os familiares começaram a procurá-lo em hospitais.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia