Lula não é considerado foragido, diz Justiça Federal

A assessoria de imprensa da Justiça Federal no Paraná esclareceu que mesmo após o fim do prazo determinado pelo juiz federal Sérgio Moro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não é tratado como foragido da Justiça porque não há componentes de fuga. De acordo com a Agência Brasil, o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luís Antônio Boudens explicou que “a condição de foragido é específica. Tem que haver componentes de fuga, de rejeição de apresentação. Terminou o prazo para que ele se apresente voluntariamente. Como não aconteceu, o mandado será cumprido”. Boudens se reuniu hoje (6) com o superintendente da Polícia Federal no Paraná, delegado Maurício Valeixo, para pedir reforço na segurança dos agentes que devem cumprir o mandado de prisão de Lula. De acordo com Boudens, a ordem de prisão foi muito rápida e não houve tempo hábil para que os policiais planejassem a execução.

*BN