Caixa adia programa de demissão voluntária por dois meses para atender FGTS

A Caixa Econômica Federal anunciou o adiamento do programa de demissão voluntária (PDV) por dois meses. O objetivo é atender a demanda gerada pelos saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A decisão havia sido informada aos funcionários já na semana passada. Com a medida, aqueles que seriam desligados em agosto e setembro, tiveram a saída suspensa.

A iniciativa foi aberta no fim de maio deste ano. Ao todo, cerca de 3,5 mil trabalhadores do banco aderiram ao PDV.

*M1